Estalar os dedos faz mal?

Trek, trek, trek... quem nunca estalou os dedos da mão e se deliciou com esse barulhinho? Ou quem nunca se irritou com esse mesmo barulho, vindo de alguém estalando os dedos ao lado?

 

O fato é que estalar os dedos voluntariamente pode se tornar um hábito, uma mania ou até uma compulsão. Alguns dizem que sentem a necessidade de estalar os dedos em busca de alívio ou relaxamento. Outros o fazem por costume ou puro prazer.

 Mas afinal, o que acontece quando estalamos os dedos?

 

Muita gente acha que o som proveniente do estalido de dedos tem a ver com o atrito dos ossos. Mas isso não é verdade. Primeiro, precisamos saber que a área de contato entre dois ossos são chamadas articulações.

 

Quando estalamos os dedos, esticamos essas articulações e afastamos os ossos. O espaço no interior das articulações aumenta e a pressão diminui. O líquido sinovial, um líquido especial que lubrifica a região, pelo gradiente de pressão, forma bolhas, que em seguida estouram, fazendo o famoso trek, trek.

 

Leva-se cerca de 20 minutos para o líquido se recompor e é por isso que não é possível estalar os dedos seguidamente.

 

O alívio que é sentido ao estalar os dedos vem da estimulação de um conjunto de terminações nervosas, que provocam o relaxamento dos músculos ao redor da articulação. Essa sensação provavelmente é a mais viciante.

 

Estalar os dedos é um mau hábito?

 

Estalar os dedos eventualmente não traz consequências. Mas quando se torna uma ação frequente, ou compulsiva, acredita-se que pode acarretar problemas nos dedos das mãos como: danos e frouxidão nos ligamentos (estruturas que estabilizam as articulações), lesões articulares, diminuição de força, deformidade nos dedos e até mesmo doenças articulares degenerativas (como artrite).

 

E como faço para parar de estalar os dedos?

 

Uma razão comum para as pessoas estalarem os dedos é a ansiedade. Nesse caso, tome a decisão de se livrar do mau hábito. Busque alívio para a ansiedade através de atividade física, terapias comportamentais, acupuntura, psicoterapia e até mesmo tratamento com um médico psiquiatra. Ou comece, simplesmente, encontrando uma atividade que lhe seja prazerosa e que sirva de válvula de escape para grande loucura da rotina diária.

 

Algumas pessoas sentem a necessidade de estalar os dedos por sentirem desconforto, dor ou a sensação de que a articulação está “presa”. Se isso acontecer, procure imediatamente um médico especialista em mãos, pois pode ser sintoma de alguma disfunção articular, problemas tendíneos (como dedo em gatilho) ou lesões ligamentares. Ele vai indicar o melhor tratamento e estenderá as mãos para cuidar das suas.

 

Porque mãos dadas podem mais.

 

 

Dr. João Nakamoto

CRM  104.340

 

Formado em Medicina pela USP e especializado em Ortopedia e Traumatologia e em Cirurgia da Mão pela USP, responsável pelo Grupo de Mão e Microcirurgia da UNICAMP, médico do Núcleo de Cirurgia da Mão do Hospital Sírio Libanês e médico do Grupo de Mão do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Share on Facebook
Please reload

Você também vai gostar de ler: 

Please reload

ONDE ESTAMOS

CONSULTA PARTICULAR

FALE CONOSCO

Instituto Vita Unidade Higienópolis

Rua Mato Grosso, 306 – 1º andar 

Instituto Vita Unidade Morumbi

Praça Roberto Gomes Pedrosa, Portão 2

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

Ligue na Central de Atendimento

Instituto Vita

(011) 3123-8482

Segunda a sexta das 6h30 às 21h

Sábado das 7h30 às 12h30