Entenda sobre dedo em gatilho

Dedo da mão que permanece dobrado, precisando fazer força para esticá-lo, pode ser sintoma de uma tenossinovite estenosante, popularmente conhecido como “dedo em gatilho”. Pode haver inchaço e diminuição de movimento do dedo afetado, dor na base dos dedos ou na palma da mão. Muitas vezes, percebe-se um estalido ou ressalto parecido com um gatilho ao tentar esticar o dedo.

 

Os dedos mais atingidos são o polegar, o médio e o anelar e os sintomas costumam piorar pela manhã devido ao aumento do inchaço e a falta de movimento durante o sono.

 

Afeta mais comumente as mulheres de meia idade, mas também atinge pessoas de todas as idades, até mesmo bebês.

 

O que pode provocar o dedo de gatilho?

 

A doença ocorre devido à inflamação nos tendões flexores, responsáveis por dobrar os dedos. Pode ser congênito (nascer com o problema) ou adquiri-lo ao longo da vida.

 

Qualquer condição que predisponha inchaço e acúmulo de líquido, como gestação, hipotireoidismo , diabetes, artrite reumatoide, estão relacionadas ao dedo em gatilho.

 

Atividades manuais repetitivas e intensas, como grampear papéis muitas vezes ao dia ou carregar várias sacolinhas de supermercado apoiadas nos dedos, podem disparar o problema. Levantamento de peso durante o treino de academia também favorece o início dos sintomas.

 

Como tratar o problema?

 

A reabilitação é a primeira escolha. Repouso, evitando atividades manuais repetidas, também é fundamental. Imobilização com órteses pode ser necessárias, bem como o uso de medicamentos específicos.

 

Casos mais graves pedem intervenção cirúrgica. O importante é, ao menor sinal de manifestação da doença, procurar imediatamente um médico especialista em mãos.

 

Porque mãos dadas podem mais.

 

 

Dr. João Nakamoto

CRM  104.340

 

Formado em Medicina pela USP e especializado em Ortopedia e Traumatologia e em Cirurgia da Mão pela USP, responsável pelo Grupo de Mão e Microcirurgia da UNICAMP, médico do Núcleo de Cirurgia da Mão do Hospital Sírio Libanês e médico do Grupo de Mão do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

 

Agende uma consulta.

Share on Facebook
Please reload

Você também vai gostar de ler: 

Please reload

ONDE ESTAMOS

CONSULTA PARTICULAR

FALE CONOSCO

Instituto Vita Unidade Higienópolis

Rua Mato Grosso, 306 – 1º andar 

Instituto Vita Unidade Morumbi

Praça Roberto Gomes Pedrosa, Portão 2

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

Ligue na Central de Atendimento

Instituto Vita

(011) 3123-8482

Segunda a sexta das 6h30 às 21h

Sábado das 7h30 às 12h30